Redação web SEO, copywriting e planejamento de conteúdo

O que faz um redator freelancer? Se você gosta de escrever, não deixe de ler esse artigo

Com o crescimento da necessidade de presença digital, muitas empresas passaram a investir em marketing digital, e por isso o redator freelancer tornou-se uma das funções mais requisitadas da atualidade. É uma profissão flexível e com alta demanda de oportunidades, mas que exige dedicação, muita leitura e aprimoramento constante.

Se você quer entender melhor o que um redator freelancer faz, continue a leitura.

mãos de mulher redator web trabalhando ao computador em mesa de home office

O que faz um redator freelancer

Também conhecido como redator web, ele cria textos específicos para a internet. Para isso, não basta saber escrever bem; é preciso conhecer as técnicas de escrita online, adequando o estilo de acordo com cada formato ou rede social.

Esse profissional é essencial para implantar o marketing de conteúdo, e são várias as tarefas que um redator pode desempenhar, como:

  • artigo para blogs;
  • post para redes sociais;
  • e-book;
  • newsletter;
  • e-mail marketing;
  • texto para sites;
  • descrição de produtos;
  • roteiro para vídeo;
  • planejamento de pauta de conteúdo.

Cada um desses formatos possui sua técnica própria, e o profissional deve estudá-las e depois colocar em prática. 

Como se tornar um redator freelancer

Gostar de escrever é um ponto de partida importante e conta muito para trilhar esse caminho, mas não é o suficiente para sair se candidatando a vagas. Aqui vão algumas dicas de como começar nesse mercado.

Capacite-se

Em primeiro lugar, um redator freelancer precisa ter boa ortografia e gramática, então sempre que tiver dúvidas, se informe para garantir uma boa escrita. Em seguida, é preciso estudar sobre criação de conteúdo online e marketing digital. Para isso, procure cursos, vídeos e artigos para ir acumulando conhecimento.

Outro ponto importante é aprender sobre Search Engine Optimization – SEO, que resumindo é um conjunto de técnicas que ajudam sites a serem encontrados mais facilmente por mecanismos de busca como o Google.

Procure também referências de qualidade na internet, lendo blogs, acompanhando perfis nas redes sociais, canais no YouTube, newsletters etc, para ter uma base do que vem a ser um bom conteúdo. 

Leia muito

Ler sobre assuntos variados aumenta o seu vocabulário e ajuda muito na hora de escrever sobre qualquer assunto. Mesmo que você não lembre, o conhecimento já fez alguma diferença e deixou uma marca no seu inconsciente. O interesse sobre vários assuntos vai dando bagagem para tratar de diversos temas, seja de um só nicho ou de vários.

Pratique a escrita

Fazer cursos e estudar é muito importante, mas você só vai absorver de verdade se colocar em prática o que aprendeu. Comece, então, a praticar escrevendo artigos mesmo que não ainda não tenha clientes. Escolha um nicho, um tema, e escreva, procurando ajustar de acordo com as boas práticas do marketing digital.

No início, você pode achar que não leva jeito para a coisa, mas com a prática a sua habilidade vai sendo aprimorada e os resultados virão, pode acreditar!

Crie um portfólio

Mesmo que você ainda não tenha nenhum cliente, é essencial criar um portfólio. Para isso, basta seguir a dica do item acima: pratique a escrita criando textos por conta própria. E como apresentar esse portfólio?

Algumas sugestões: organize em pastas divididas por nichos no Google Drive; crie um blog para publicar seus artigos; faça um perfil em sites gratuitos como o Medium, Contently ou Journo Portfolio para cadastrar seus textos e enviar o link aos clientes que você estiver prospectando.

Faça prospecção

Depois que sentir mais segurança, procure por clientes. Existem plataformas na internet voltadas para o trabalho freelancer, como o Workana, 99freelas e Rock Content. Acredito que são válidas para quem está iniciando, mas existem outras alternativas que remuneram melhor.

Algumas plataformas exigem um teste ou uma certificação prévia, outras deixam que você se apresente livremente em seu perfil com informações e portfólio, e se candidate para os jobs

Outra alternativa é produzir conteúdo para seu perfil profissional no Instagram ou Linkedin. Expondo por lá o seu conteúdo, você tem mais chances de ser procurado por clientes.

Fique de olho também em grupos de redação web no Facebook e em grupos do Whatsapp. Muitas oportunidades são divulgadas nesses espaços.

Um redator deve escrever sobre tudo?

No início, você pode pegar trabalhos com diferentes assuntos e correr atrás para estudar e se inteirar do tema. Aliás, vale lembrar que você sempre vai precisar continuar lendo e pesquisando.

Mas com o tempo e a experiência, convém que você se especialize em determinados nichos, de modo a produzir conteúdo com mais qualidade e profundidade sem tanto sofrimento. Além disso, você acaba ganhando propriedade e credibilidade para conseguir bons clientes desses nichos.

Essa é considerada uma das profissões do futuro e com muitas oportunidades de trabalho. Com esforço, qualificação e prazer pelo que faz, é possível ir longe como um redator para a web. Se interessou? Então mãos à obra! Deixe comentários ou dúvidas logo abaixo.

2 Comments

  1. Aline Ornellas

    Conteúdo maravilhoso, obrigada pelas dicas!

  2. Bruna Cecilio Adm

    Muito obrigada, Aline, fico feliz. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Bruna Cecílio

Todos os Direitos reservados Bruna CecílioUp ↑